DIARREIA no cachorro? O que pode ser? E o que fazer?

Diarreia no cachorro

Um dos problemas mais comuns nos cachorros, que é citado por seus donos é a diarreia. O que pode estar acontecendo com o cachorro? Bom a diarreia no seu animal pode estar apresentando sintomas de algo sério, mas também  pode ser algo besta.

Caso você tenha dúvidas, neste artigo estaremos mostrando alguns pontos sobre a diarreia no seu peludo. Leia atentamente e entenda se é preciso que seu bichano seja levado à um veterinário ou não.

Bom a diarreia é um sintoma de algo que possa estar ocorrendo com o seu cachorro e não uma doença em si, podemos dividi-lo  em quadro agudo ou crônico, onde o agudo tem o começo inesperado ou recente de evacuação de uma repetição anormal, e as fezes em estado líquido.

Agora o quadro agudo, se trata de uma mudança na frequência, na espessura e no volume das fezes por três semanas ou em dias alternados durante algum episódio de tempo.

A diarreia é provocada por um desregramento, secreção e motilidade intestinais e ela tanto pode como não pode estar relacionada com  inflamação do trato intestinal, o que evidencia uma enterite.

Diarreia aguda

Existem dois tipos principais de diarreia aguda, um primeiro caso seria a diarreia osmótica, que causa um aumento de líquido no instestino.

Isso ocorre conforme a ingestão de alimentos com pouca porcentagem de digestão, e que possam “atrair” água para si, por uma absorção ou assimilação alimentar ruim,  podendo ser causada até por medicamentos ingeridos.

E o resultado será de um aumento de líquido no intestino, fazendo com que o cachorro tenha diarreia.

Outro motivo bem comum , é a troca da ração de uma forma súbita, dessa forma a flora intestinal, não estaria pronta  para receber essa nova alimentação, e por fim ocorre uma má assimilação alimentar.

Uma outra forma também, seria se o cachorro se alimentasse de muita gordura,  ele não conseguirá fazer uma boa digestão e acabará ocorrendo a diarreia.

Mudanças repentinas na quantidade da alimentação também podem fazer com que seu cachorro tenha diarreia. Um exemplo seria se o cachorro comesse diretamente do saco de ração, uma quantidade maior do que o costume.

O bom desses casos acima, é que se o cachorro ficar de jejum durante doze horas, o intestino vai eliminar todo o líquido que estiver “a mais” e seu cachorro ficará bom novamente.

Indicamos a você, que após esse jejum de doze horas, você deve voltar a alimentar o seu animal aos poucos, na medida em que ele se alimentava antes da diarreia.

Dê à ele uma quantidade pequena em um intervalo de três horas, Um dia após feito isso, se o seu cachorro já tiver voltado ao normal, você poderá retornar a oferecê-lo em quantidade que ele se alimentava, duas vezes ao dia.

É importante lhe informar, que seu cachorro deve manter sempre bem hidratado nesse tempo que estiver com diarreia. A diarreia causa uma grande desidratação no cachorro, então ele deve ingerir o maior número possível de água para se manter hidratado e não causar algo grave.

Quando isso ocorre, eu particularmente coloco mais potinhos de água nos cômodos da casa, com algumas pedrinhas de gelo também, dependendo doa temperatura que estiver, pois existem cachorros que preferem água digamos mais “fresca”

No período do jejum, também é favorável oferecer água de coco à seu pet.

Ao ingerir lixo, objetos, ou até alimentos passados podem também fazer com que o seu cachorro tenha diarreia, neste caso seu cachorro deverá ser levado a um veterinário para ser examinado, pois é um caso mais grave.

O outro tipo de diarreia é a secretória, já neste caso o intestino precisa eliminar líquido e eletrólitos, para si próprio, para o auxílio da digestão , absorção e propulsão da alimentação.

Essa diarreia, ela é causada por infecções de vírus ou bactérias, as de primórdio parasitaria formada por vermes. Temos exemplos também que algumas doenças que podem ser a causa da diarreia em seu cachorro, como hipoadrenocorticismo, hepatopatias, necropatias e pancreatopatias.

Em qualquer que seja o tipo, você deverá procurar um veterinário, É importante você levá-lo o quanto antes ao veterinário, pois a diarreia pode se agravar a casos mais sérios.

 

Leave a Reply